Salada de fruta digital

Como parte de meu processo de catequização na utilização desta ferramenta chamada “BLOG” vamos a mais um assunto. Antes disso, digo “processo de catequização” pois uma de muitas promessas na virada de dezembro de 2010 para 2011 é escrever ao menos 1 post por mês! E não pense que é uma tarefa fácil, pois não é não! rs…
Embora vocês ainda não tenham percebido, mas gosto de escrever sobre como a tecnologia influencia na atividade de consumo das pessoas. Seja na forma, na comunicação ou no resultado final dela. Mas quando digo “influência”, significa o quanto a tecnologia criou oportunidades diferentes da que havia sido pensada. Ou na forma combinada criativamente por uma pessoa da tecnologia com a execução de sua tarefa diária.
Por exemplo: outro dia, uma pessoa próxima me disse que ao lado de seu trabalho Av. Augusta cruzamento com a Alameda Santos existe uma barraca de frutas. Até aí normal, na cidade de São Paulo não consigo nem imaginar quantas barracas possam existir, mas o interessante nesta barraca é a forma pela qual você pode comprar as frutas ou principalmente a salada de fruta com leite condensado que é um sucesso. Você pode ir até a barraca comprar a mercadoria ou pegar o número de telefone celular do “tio” da barraca, pois se estiver no escritório e bater aquela fome ou quiser comer algo refrescante é só ligar e fazer seu pedido. Salada de fruta com kiwi, sem kiwi, e outras customizações que fizer a cabeça do cliente. Tudo pelo celular e em poucos minutos você recebe sua encomenda. É ou não é um comerciante de visão?! As questões legais deste comércio não estão em discussão neste momento, mas considero um exemplo legal de como uma pessoa usou o celular e incrementou seu negócio. Acredito até que muitos negócios já façam algo parecido, mas como este foi o experimentado acabou sendo citado. >>Reis

Tags: ,

Posted on: 26.02.2011

User Comments

  1. Chicorel Says:

    February 27th, 2011 at 18:57

    Muito legal discutir estas novas formas! Ferramentas de interação surgem o tempo todo e usá-las de forma adequeda é o desafio!

Leave a Reply

*